Sep 20, 2017

Tudo começou por onde todo planejamento de festa tem que começar: quanto dinheiro eles tinham, podiam e queriam gastar. Escolheram o estilo que combina com os dois, tendo o estilo que seria moderno, começaram pela identidade visual do casamento.

Eles optaram pelo pretinho básico e branco, não tem erro. Papelaria (apenas o convite) feita pelos dois, impressa em uma gráfica por eles mesmo, alta qualida, custo baixo. Um convite clássico convencional, em média sai  R$ 20,00 a unidade. Mesmo com um papel de qualidade boa, mais grosso impressão colorida, podemos reduzir no mínimo três vezes este custo. Para te ajudar a criar, tem vários sites que te auxiliam na criação, e alguns que tem formatos prontos, dá um Google.



O local da festa de casamento: na faixa, quase de graça praticamente, se não fosse a limpeza, que tiveram que contratar uma equipe, juntamente com a ajuda de familiares. A escolha do ambiente, demorou, mas foi certeira, além de lindo depois da limpeza, trouxe toda a identidade do casamento: industrial, moderno e despretencioso. Do jeito que o casal é e pretendia que fosse a festa.

Os maiores gastos com decoração: mesas e cadeiras, que não tem a mínima necessidade de serem iguais como foram usadas nesta festa. Inclusive aconselhamos brincar com cadeiras, misturar estilos e cores. Se bem feito, causa um efeito incrível, barateia o custo do aluguel de móveis, ou pode até conseguir emprestadas essas cadeiras.  O resto da decoração? Não tem quase nada de resto.

O resto da decoração desde casamento, são basicamente três elementos: tinta spray branca, folhagem e luz colorida.

A escolha muito feliz  desse casal para a palheta de cor oficial, foi a cor branca, traz suavidade, delicadeza e pureza para um cenário abandonado e um pouco rústico por causa dos ferros e materiais deteriorados (todos puxando para tons de marrom). 

A tinta em spray branca dá forma ao triângulo desenhado no fundo do altar, e pinta os paletes que formaram o altar lindo e improvisado, e ele é apenas isso. Essa ideia se aplica a outras formas, e em outras superfícies, paredes, painéis e demais ambientes. Um desenho, pontual, criou um altar, chamou atenção e todos os olhos estavam voltados para ele.

A tinta branca também está em todos os objetos de centro de mesa da festa de casamento, que são garrafas de vidro de bebidas, desde cerveja, vinhos e demais formatos e tamanhos. Assim como máquinas estragadas, encontradas em um lixão. Tudo isso com uma camada de spray branco se transforma e cria a decoração principal, deste casamento moderno.


Spray de tinta branca fosca ou brilhante, você encontra em qualquer lugar e barato, pra ser mais específica, a partir de R$10,00. Um spray na mão, objetos em desuso na outra, milhões de ideias na cabeça, decoração sustentável, única, e na minha opinião, muito mais bonita que casamentos clássicos e caríssimos.

As folhagens que podemos achar caídas nas ruas, ou se quisermos comprar, são as plantas mais baratas que podemos encontrar. Trocar as flores que são um dos itens mais caros de festas e decoração, por folhagens, faz seu orçamento reduzir até 10 vezes. Além de nesse caso, cair perfeitamente com a ideia da festa de casamento ser despojada e moderna.


E por fim o último elemento barato que compõem esse casamento, mas cria e transforma o galpão e ambiente inteiro: duas ou três luzes coloridas jogadas para o teto ou paredes. Nada de equipe de iluminação, se você não conhecer ninguém que tenha uma lâmpada dessas, entra naquele site chinês, este mesmo que está pensando. Elas são encontradas por lá, em torno de R$ 23,00, as que vem com motor rotativo.

A cerimônia: cadeiras que depois seriam usadas para a festa e um triângulo no altar (que logo falaremos na decoração). Não gastaram com cerimonialista ou qualquer representante religioso. Eles queriam alguém que os conhecesse e que fosse celebrar a verdade e o amor, nada mais justo que um amigo embalar esse rito de amor.


Eles economizaram na festa e fizeram os convidados economizarem, quebraram a tradição de padrinhos e madrinhas. Evitaram gente gastando com presentes de casamento, que tem que parcelar em centenas de vezes. Tiraram outra tradição que fora do Brasil já esta em desuso a décadas: vestidos de madrinhas combinando ou com regras, que tem que mandar fazer ou comprar, porque nunca você terá a cor que a noiva escolheu pra você. Eles optaram por familiares mais próximos entrando junto com eles, e com a roupa que tivessem.  Uma graça né?


Música, uma banda muito boa que tocou apenas para a cerimônia e por isso depois escolheram um DJ para o restante da festa, liberando que os convidados enviassem música das suas listas do Spotify antes e durante a festa, porque a final meu povo: a festa é de vocês.


Comida, o que era problema, virou uma grande solução e das mais baratas, porque como sabemos: queremos um casamento barato e incrível. Eles chamaram um Food Truck, não porque está na moda, mas porque o local escolhido não tinha cozinha, logo a cozinha teria que ir até eles e foi. Escolheram uma lanchonete local, com comidas do mundo todo fast food, que eram rápidas de fato mas com qualidade e gosto de comidinhas feitas em casa: resultou em um banquete.


Fica, não vai ter bolo. Os noivos não queriam gastar? Sim, mas preferiam gastar com coisas que gostavam, e adivinha? Fizeram a sobremesa predileta do casal: creme brûlée, e saiu muito em conta. Essa sobremesa é fácil de fazer, e pode ser feita por vocês mesmos, com dias de antecedência, depois é só congelar e no dia descongelar. Na hora do casamento,  um garçom usava o maçarico para caramelizar o açúcar e voilà. Não precisaram nem explicar porque os noivos não cortaram o bolo. Até porque ninguém perguntou, estavam com a boca ocupada de creme brûlée


Bebidas, começa pela janta, escolheram um vinho local para servir quando os convidados jantavam sentados, custo muito baixo mas qualidade excelente, além das cervejas. Temos excelentes vinhos, cervejarias e demais produtores de bebidas por esse Brasil todo também. Basta ligar e comprar direto de produtores nacionais ou regionais. Chega de achar que só é bom o que vem de fora, pesquisem nosso vinhos, consumam e tenham excelentes surpresas. 
Comprar bebida diretamente, reduz custo drasticamente. Por não ter cerimonialista, adega, distribuidora e buffet envolvidos, não houve repasse de custos em cima de bebida. O preço ficou justo e mais barato.

Por falar em brinde, eles decidiram não gastar alguns mil em espumante ou champanhe, como o casal gostava muito (e há uma lenda de que não há um ser humano que não resista), eles fizeram um brinde de: Jelly Shot. Jelly Shot é a famosa bebida com base de gelatina de cereja misturada com alguma bebida alcoólica, normalmente vodka. Pois então, agora brindemos, a esse casal e a esta festa que foi incrível e barata.

 


Tem muito mais no nosso instagram @tequieroconlimon. A gente se vê por lá.